segunda-feira, 21 de março de 2016

Vitamina o teu cérebro!

Para atingires novos níveis de sucesso na tua vida profissional e pessoal, não chega apenas agir. Precisas ser criativo, prático e inteligente e para isso tudo tens de treinar o teu cérebro. 


À tua volta tens com certeza pessoas que são uma referência para ti a todos os níveis. Pessoas que vão buscar inspiração não sabemos bem onde, com uma criatividade irreal, com relações sociais únicas, com uma inteligência sem comparação,... 
E porque conseguem elas tudo isso?
Porque treinam o cérebro! O cérebro é um músculo e para que tenhas o teu "six pack" cerebral precisas de o exercitar diariamente de todas as formas que te recordes. 
Não fazes ideia do que o teu cérebro é capaz de produzir se o treinares correcta e eficientemente. 
E se não te achas suficientemente inteligente, então tenta algumas ou todas as acções que encontras em baixo e dentro de 1 mês ou 2 diz-me que não vês alterações... 

1. Lê qualquer coisa!
Eu ainda sou do tempo em que ler era uma das actividades mais extraordinárias que podíamos fazer. Para além disso, tenho um pai que lê uma quantidade assustadora de livros, revistas, jornais e tudo o que lhe aparecer. 
Ainda não lhe chego aos calcanhares, mas tenho o orgulho de ter lido desde Agosto de 2015 mais de 15 livros (2 livros por mês não está nada mal). 
Mas cá vão algumas dicas:
- lê vários livros ao mesmo tempo: eu tenho livros espalhados pela casa, de acordo com a disposição que tenho geralmente em cada divisão
- anda sempre com um livro atrás: seja ebook ou em papel, anda sempre com um livro na mala ou no carro, para poderes ler durante períodos de tempo mortos
- aproveita todos os momentos para leres: seja na casa-de-banho, enquanto cozinhas, enquanto estás à espera da tua cara metade para sair de casa, enquanto esperas um amigo no café, enquanto viajas de metro/comboio/autocarro, nas filas do banco, ... todos os momentos são perfeitos para ler
- dedica pelo menos 30 minutos do teu dia à leitura, seja de um livro, de uma revista, de um jornal... não interessa, mas lê
- já ouviste falar em audiobooks? Eu adoro! Infelizmente não existem muitos em português, mas já começamos a ver alguma coisa. Eu utilizo apps para o telemóvel onde adquiro audiobooks gratuitos ou pagos (geralmente muito mais baratos que os livros em papel) e aproveito momentos em que não posso ler para ouvir - por exemplo enquanto conduzo
- torna o lápis o teu melhor amigo. O lápis é perfeito para sublinhares tópicos importantes, para marcares parágrafos que queres ler com mais atenção, para registares frases que te marcaram... 
- Redes sociais: eu estou ligada a uma série de grupos quer no Facebook, quer no Linkedin. Em muitos casos vejo notícias ou assuntos que me interessam mas que não posso ler naquele momento. Uma das coisas que mais adoro nestas ferramentas é o facto de poder guardar a publicação para ler depois
- Aprende a ler mais eficientemente com técnicas fabulosas que te vão tornar um leitor mais rápido e com maior capacidade de retenção da informação


2. Escreve
Ninguém está à espera que te tornes num escritor de prémio Nobel se não gostas sequer de escrever. Mas escrever é das melhores actividades para activares esse músculo. Não seria necessário sequer dizer que quanto mais leres, melhor escreves e quanto mais escreves, melhor lês. O meu mais forte conselho é: escreve um diário! Mas se não estás para aí inclinado, cá te deixo umas dicas mais básicas:
escreve frases que leste em algum lado e que te marcaram
- escreve cartas a pessoas importantes para ti e guarda-as
- escreve uma carta à pessoa que serás dentro de 10 anos
- escreve todos os dias algo porque estás grato
- escreve o teu maior sonho e o que sentirás quando o atingires
- escreve uma apresentação de ti como se te estivesses a apresentar a alguém que não conheces e com quem só poderás falar por carta
- escreve uma lista de características da tua personalidade que julgas possuir
- escreve um episódio da tua série favorita
-...


3. Inspira-te
Estamos constantemente rodeados de milhares de inputs vindos de todo o lado, mas não nos apercebemos sequer da maioria deles.
Esses inputs são frequentemente fonte de inspiração para gurus. Deixa-me dar-te alguns exemplos: um quadro num museu, um passeio à beira mar, um livro, uma música, um filme, uma pessoa, escalar uma montanha, dançar à chuva,... 
Algo que gosto muito é ler sobre a vida de algumas pessoas que me marcaram por aquilo que fazem/fizeram ao longo da sua vida. 


4. Faz cursos
Alguns dos sonhos que tens podem implicar que tenhas que saber mais sobre alguns temas sobre os quais não tens conhecimentos suficiente.
Poderás ter de fazer um curso superior, ou talvez um curso de 3 dias chegue perfeitamente. Procura o que melhor se adapta a ti... 
E se o dinheiro é problema, podes encontrar algumas alternativas engraçadas online a preços bem competitivos ou até mesmo gratuitos. Procura por exemplo nestes sites: Odisseias (workshops), Udemy, veduca, Coursera,...
Importante é nunca deixares de estudar e de aprender. E se tens receio de não ter tempo, acredita que o tempo estica.

>> E já que falo em cursos, porque não inscreveres-te já para o workshop "Cria a Tua Carreira de Sonho" no próximo dia 26. Descobre como aqui.<<


5. Cria 1 vida social activa com pessoas que te desafiam
Uma das coisas que mais adoro fazer é passar tempo com amigos que me ensinam coisas novas, que me ajudam a ver as coisas por outros prismas, que desafiam as minhas capacidades e que me fazem crescer cada vez mais enquanto profissional e ser humano.
Foi através de muitas conversas que a minha vida deu uma volta de 180º, que descobri o que queria fazer, que encontrei os cursos que precisava e que descobri as pessoas que precisava para tornar o meu sonho uma realidade. 
Nem sempre é fácil, principalmente para quem já tem uma família formada encontrar pessoas novas. Os cursos de curta duração por vezes são uma excelente forma de desenvolveres essas relações que te faltam.


6. Encontra tempo para te conheceres

O que é certo, e também falo por mim, muito embora todos os dias queiramos pensar um pouco em nós e nos nossos sonhos, avaliar como estamos em relação aos nossos planos, reavaliar o que precisamos fazer para tornar a vida mais fácil, fazer o nosso auto-coaching,..., há sempre um conjunto de tarefas a fazer que nós teimamos em dar prioridade. Afinal, é preciso deitar a criança, o jantar tem de ser feito, o e-mail para o chefe, a marcação da sala de reuniões, o pagamento daquela conta, ligar para aquele cliente... tudo é mais importante!
NÃO!!!! Importante és tu! Importante é tu organizares a tua vida em função dos teus objectivos e sonhos. E, muito embora, haja tarefas que necessitam ser feitas, há outras que podem perfeitamente esperar pelo dia seguinte. 
Encontra na tua agenda 30 minutos por dia para o teu auto-coaching. Pergunta-te a ti mesmo:
- O que me faz feliz neste momento
- O que gostaria de mudar
- Como posso mudar o que não gosto
- O que correu bem no dia de hoje/ontem
- O que poderia ter feito para que o dia corresse melhor
- Que acções preciso fazer hoje/amanhã para que o dia seja realmente produtivo
- Essas acções ajudar-me-ão a ficar mais perto dos meus sonhos/objectivos
- Se não, rever as acções 
- A que pessoas tenho de agradecer hoje - agradece a ti também
E se puderes fazer tudo isso por escrito, então melhor!!! Muito melhor!!!


7. Sê criança

Ser criança é dar largas à tua imaginação sem que o "comporta-te" se meta no meio e estrague tudo.
Salta para dentro de uma poça de água, grita num descampado, abraça todas as pessoas na paragem do teu autocarro, sobe a uma árvore, conta uma anedota a um sem-abrigo, ri de tudo e de nada, distribui chocolates pelos teus colegas, prega uma partida ao teu chefe, inventa 10 novas formas de jogar à apanhada com o teu filho, toca à campaínha de um prédio e foge, inventa 1 palavra nova, tenta vender a alguém o facto do planeta ser na realidade quadrado, faz um jantar com 1 ingrediente diferente, deita-te de lado na cama, experimenta ler o facebook de cabeça para baixo, pinta um desenho na parede (se a casa for tua)... 
Já te imaginaste a fazer tudo isto? Então e estás à espera de quê?


8. Dorme
Dormir é mesmo das melhores receitas para que o cérebro fique forte e resistente a esquecimentos. 
Não vale a pena dizer muito mais. Afinal há notícias por todo o lado sobre o tema... 
O que é importante reteres é a importância de manteres uma vida com uma rotina mais ou menos estável e com o número de horas que precisas para repores toda a energia para fazeres do dia seguinte um dia produtivo.


9. Alimentação e vitaminas
Não te vou dizer como comer. Tu sabes perfeitamente o que o teu corpo precisa e o que te faz falta... procura vitaminares o teu cérebro com os melhores alimentos e, se possível bebe 1 batido de frutas e vegetais todas as manhãs. Se nunca o fizeste, não imaginas o resultado desse shot magnífico para o cérebro.


10. Arranja um coach

Como já te disse aqui, um coach existe para te desafiar. Homens poderosos como o Bill Gates ou o Obama têm coaches e aconselham a que todas as pessoas arrajem um. 
Um coach ajuda-te a manteres o foco nos teus sonhos e objectivos, ajuda-te a criares uma visão mais objectiva da realidade e a identificar formas de ultrapassares os obstáculos que te impedem de atingires o que queres.


Alguns destes tópicos vão voltar em breve mais desenvolvidos.
Dá-me a tua opinião: esqueci-me de algo?

Até já,

M@rta