sexta-feira, 22 de abril de 2016

Como contas a história da tua vida?

Se te perguntassem ou pedissem para escreveres a história da tua vida, como a contavas?O que registavas de realmente importante? As coisas boas? As coisas más? Aquilo que mais te marcou de bom e de mau? Davas-lhe fantasia? Humor? Magia?




Um dos filmes mais fascinantes que vi até hoje foi O Grande Peixe (The Big Fish em inglês). Já o vi algumas vezes e tenho o DVD na prateleira para me relembrar constantemente da forma como devo contar a minha história.


Neste início de fim-de-semana, experimenta escrever a tua história como se estivesses a contar uma história a uma criança de 5 anos. Transmite-lhe os momentos mágicos, as coincidências, e coloca-te na posição de um heróis.
O que sentiste ao escrever a história? Reviveste momentos fantásticos? Sentiste-te um verdadeiro herói? Sentiste que essa história é digna de ser contado a uma criança? Se a tua mãe ou pai te tivesse contado essa história em criança, qual seria a tua opinião?
Essa é a história que queres escrever até ao final dos teus dias?

Então, cá vai mais uma proposta... aproveita o fim-de-semana comprido e escreve o resto dessa história como se pudesses por artes mágicas transformar a tua vida para que correspondesse a essa história. Põe os teus sonhos no papel... 
Como te sentes? Essa história que escreveste é possível? Se sim, então estás no caminho certo para o sonho que desejas, certo? E se não, porquê? O que seria necessário para se tornar real?

Precisas de ajuda?
Já procuraste um Life Coach?

Vem descobrir como o Life Coaching te pode ajudar!



Bom fim-de-semana e boas histórias.

M@rta