terça-feira, 12 de abril de 2016

Aprender é uma questão de sobrevivência

Este sábado realizou-me mais um dos meus objectivos: o meu primeiro workshop!


2016 tem sido um ano fenomenal. Em 2015 decidi fazer de cada dia o melhor da minha vida, e tem sido fabuloso viver a minha vida!
Para 2016 decidi escrever os meus objectivos para este ano e, acreditem, não são nada fáceis... adoptar um cão, tirar 3 cursos que me interessavam para seguir a carreira que queria para mim, iniciar um projecto próprio, desenvolver o meu auto-conhecimento e aumentar a minha auto-estima, ajudar os outros através da minha carreira de sonho, ler 100 livros e, viajar.
Estamos a 12 de Abril e eu posso dizer com a maior satisfação que estou a realizar todos os meus objectivos e que, quantos mais objectivos realizo, mais certezas tenho das minhas decisões.

Este fim-de-semana foi mais do que a concretização de mais um objectivo. Foi também a tomada de consciência de que estou no percurso certo.

Embora tenha passado a manhã de sábado no workshop CRIA A TUA CARREIRA DE SONHO, não deixei de querer participar na Feira Happy Life que se realizou na FIL e onde estive praticamente todo o fim-de-semana. Cansada mas muito realizada :)



Ali aprendi imenso sobre tantas áreas diferentes, mais ou menos relacionadas com o Coaching. Tive também o prazer de conhecer pessoas extraordinárias.

Mas, se há alguma coisa que me ficou deste fim-de-semana que passou é o facto de que há tanto, mas tanto para aprender, que todo o tempo é pouco para absorver tanta informação. 

Acima de tudo, a mensagem que te quero deixar hoje é a de que, se procuras o teu desenvolvimento pessoal, enquanto ser humano ou profissional, NUNCA DEIXES DE PROCURAR CONHECIMENTO. 
O conhecimento não vem necessariamente de uma página de internet, de um curso, de um livro, de um superior hierárquico. Vem também de uma conversa de corredor numa qualquer feira no meio de uma multidão. 
Voltei a ouvir este fim-de-semana algo que me faz particularmente sentido. Os estudiosos de outros tempos estudavam tudo, das ciências, às línguas, à Filosofia, Politica, Religião, etc. e estavam em contacto com a natureza e com ela aprendiam. Muitas das descobertas não teriam sido feitas se os estudiosos daquele tempo estivessem fechados em escritórios... a maçã não teria caído naquele exacto momento em que Newton estava junto à árvore para dar origem à Teoria da Gravidade.
Actualmente somos levados a tornar-nos especialistas. O que nos limita na influência que outros conhecimentos podem ter na nossa abordagem do mundo.  

E, por isso mesmo, é que esta semana estarei um pouco off para fazer um curso que começa amanhã e para o qual estou particularmente empolgada... só te posso dizer que não vou aprender nada que alguma vez se tenha dado na escola, mas sem dúvida que fazia falta!

Deixo-te aqui o link do que foi o Happy Life de 2016 e propor-te que adiciones no teu facebook todos os oradores cujos temas te deixem curioso. Quem sabe não aprendas mais e mais e mais...

http://happylifelisboa.fil.pt/


Até breve.

M@rta