sábado, 7 de maio de 2016

Pára de arranjar desculpas!

Tarde demais não existe!

O que existe são as inúmeras crenças que teimas em acreditar! Crenças limitadoras colocadas na tua cabeça pela tua família, amigos, comunidade e sociedade em geral. 



Passamos a nossa vida a "engolir" crenças que limitam os nossos sonhos, as nossas aventuras, a nossa unicidade. E, a maioria das vezes, temos tanto medo de identificar essas crenças e seguirmos o caminho que sonhamos na nossa infância ou juventude, que acabamos agarrados àquilo que alguém quis para as nossas vidas.
Até há algumas décadas (60' / 70')  as pessoas viviam em empregos para a vida. Entravam num emprego aos vinte e saiam aos 60.  Melhor ainda se fosse no Estado que garantia esse emprego para sempre com condições atractivas. A vida era feita a fazer algo para o resto da vida, quer gostasses, quer odiasses. 
Depois as coisas mudaram e as empresas quiseram começar a fazer circular o pessoal de acordo com as suas capacidades. As organizações começaram a reduzir pessoal desnecessário devido a todas as inovações tecnológicas (e não só). 
Claro que, no meio do processo, o sentimento de fazer o mesmo a vida inteira ou de ter empregos "standard" começou a influenciar as decisões de muitas pessoas, principalmente como consequência da péssima qualidade de vida que lhes atribuem.
Umas pessoas arriscam... vão à luta... à procura dos seus sonhos, mesmo quando têm tudo contra eles e ninguém compreende a mudança de vida. Outros preferem o conforto de uma situação aparentemente "segura". 

O sucesso surge dos teus sonhos + esforço + vontade!
Não tenhas medo do tempo passar por ti e nem dares por nada... 
Ouço alguns clientes, dos mais novos aos mais velhos, dizerem que já não têm idade para conquistarem os seus sonhos. Algumas das mais conhecidas personalidades deram imensos trambolhões na vida até conquistarem a posição que ocupam agora... algumas dessas pessoas já nos seus quarenta e cinquentas. Pessoas como Oprah Winfrey, Morgan Freeman e muitos outros viram o sucesso chegar depois de uma vida de percalços.


Então se eles conseguiram porque é que tu não consegues?
Queres ver a lista de desculpas: nos Estados Unidos é mais fácil! Eles tiveram sorte! Já é tarde demais para mim! Já estou velho demais para mudar! O risco é muito grande para desistir do que tenho (e que odeio)!
Não interessa a idade que tens nem o que já passaste na vida... mas se olhas para o teu futuro e desesperas com a ideia do teu futuro ser igual ao teu passado. Se acordas de manhã sem vontade de viver. Se os teus dias são compridos demais e te deitas com a sensação de que viver é horrível. Se olhas para os outros com inveja por eles terem uma felicidade que nunca encontraste. Se tens receio apenas da hipótese de sonhares...
Então está na hora de (re)avaliares a tua vida! Porque nada na vida merece que percas os dias a fazer ou ser algo que nada tem a ver contigo e que não te faz feliz... 
É certo que muitas vezes falta o empurrão... necessitamos das pessoas que nos desafiam, que nos puxam a ir mais longe, a arriscar. Precisamos que nos ajudem a encontrar as ferramentas ideais para trabalharmos os nossos sonhos.
Se assim for, procura um Life Coach em que confies... que te faça sentir bem, até mesmo quando te desafia a chegares ao limite de ti mesmo e mais longe ainda! Pede-lhe ajuda para que descubras o teu poder pessoal!
Porque se trabalhares todos os dias para atingires os teus objectivos pessoais e profissionais,  os resultados vão aparecer... muito mais depressa do que imaginas... Mesmo que o teu objectivo seja descobrires o teu sonho... 
Não desistas nunca!
Até já.
M@rta